Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Menina Maluquinha ❤

Menina Maluquinha ❤

Porque Tio-avô A.?

F., 02.10.20

No início desta semana infelizmente recebi uma noticia que não queria, que não desejava e que mexeu comigo.

Todos sabemos que as pessoas de idade algum dia vão nos deixar mas não devia ser assim! Não é assim!

Conto-vos a história de um tio avô.

Faleceu na segunda -feira , foi um suicidio. Ele sentiu que para ele já chegava de viver.

Porque? O que ele disse e deixou escrito foi o facto de como já era viúvo, como o covid lhe tinha tirado a liberdade, o único melhor amigo dele (outro tio avô meu) faleceu no ínicio do mês com cancro já não fazia sentido continuar aqui, já não havia razões.

Ele era tão activo, era daquelas pessoas que pegava numa maal com as coisas dele ia ter com o filho ao norte, ia passear pra aqui e pra acolá, estava com os netos todos os fins de seman, era tão activo! Mas claro com o Covid viu-se obrigado a  ficar em casa porque a idade e as doenças por trás não permitiam as saídas.

Os netos iam vê-lo , as filhas ligavam todos os dias 3x ao dia, iam lá a casa, faziam de tudo.  Uma das pessoas com mais energia , garra e coração que eu tive a oportunidade de conhecer. Um brincalhão, um gozão mas um avô tão doce!

No início do mês de setembro faleceu outro meu tio-avô com um cancro e desde ai ele foi-se muito abaixo . Perdeu aquele amigo pra quem ele ligava mas o apoio da família sempre lá esteve  e nunca se lhe deixou faltar nada.

Na véspera de tudo isto, ele tinha ido passear com os netos, celebrar a entrada na faculdade de um deles e ele estava avô orgulhoso. Mas algo dentro dele não estava bem e na madrugada de segunda feira ligou aos filhos a dizer que ia acabar com a vida, ligou à policia. Deitou-se na cama, tapou-se com mantas e almofada pra os vizinhos não ouvirem e deu um tiro na cabeça.

Ninguém conseguiu chegar a tempo, ninguém consegiu impedir. Acabou o sofrimento dele, a dor dele.

Agora fazendo um review poderia ter existido pequenos sinais , podia ter havido algumas palavras que se podiam ter apanhado mas ninguém conseguiu ver a espiral descendente em que ele entrou.

Sabem que eu pensei toda a segunda-feira? "Quando lá chegares a cima vais levar tantas e tantas deles todos! Ai vão te fazer a vida negra mas vais estar em paz."

Precisei de me isolar, de pensar muito, de tentar perceber o porque, o como. Senti-me impotente, sem forças e tão confusa. Fez-me refletir e sentir que o cuidar de nós, o pedir ajuda  quando mais for necessário, o ter alguém para falar é tão importante.

Agora mais do que nunca cuidem dos vossos, liguem, façam video-chamadas, visitem devidamente equipados e protegidos, passem horas ao telefone só a desabafar, o que seja.

 

Cuidemos uns dos outros hoje e sempre.

2 comentários

Comentar post